• image1 890x668
  • 17436000 758095021023852 7769251310149509154 o 890x699
  • 13301261 1078540878858257 1116306390521732155 o 890x601
  • 12741895 1013130135399332 3077425798866578772 n
  • 12512441 1016361961742816 5417881844878886170 n

Manutenção do Parque Habitacional

O Departamento de Manutenção da Sociohabitafunchal E.M., tem como atribuição principal a conservação e manutenção do parque habitacional edificado, propriedade do Município.

Neste âmbito inclui-se ainda o acompanhamento e a fiscalização dos fogos objeto de recuperação ao abrigo do Programa de Recuperação de Programas Degradados (PRID), bem como a reparação dos fogos dos empreendimentos camarários que se encontrem em período de garantia.

O acompanhamento e a fiscalização das obras de conservação e de beneficiação é feita por técnicos deste Departamento, que através de estudo e análise do estado físico das habitações, procuram encontrar e tomar a melhor decisão para efetuar as diversas reparações, proporcionando desta forma melhorar as condições de habitabilidade das pessoas que lá residem.

Sensibilizar os moradores para uma boa utilização das habitações e todo o espaço envolvente não é uma tarefa fácil. Uma das preocupações do Departamento de Manutenção foi a de criar as condições necessárias para poder dar uma resposta eficaz, quanto possível, às inúmeras solicitações dos nossos inquilinos.

Neste âmbito destacam-se as intervenções de pequena conservação, como sejam aquelas deficiências mais frequentes nas moradias e nos empreendimentos, como nas coberturas, canalização interior, entupimentos, iluminação, rutura de esgotos, entre outras. Estas anomalias estão na sua maioria relacionadas com a idade dos edifícios ou das habitações e com o uso das mesmas.

É de referir que é com base nas vistorias que procuramos encontrar uma solução para os problemas com que nos deparamos diariamente, analisando cada caso, planeando e programando todas as atividades do Departamento, e em simultâneo facultando à Administração toda a informação de uma forma clara e concreta do estado do parque habitacional afeto ao Município.

 

Em 2014 efeturam-se 259 vistorias com realização de 172 intervenções.

Estas vistorias são da seguinte natureza: habitações do Município, autos de receção, "abarracados", habitação insalubre, pedidos de habitação social, fração arrendada pelo Município, Programa Câmara à Porta, Programa PRID, moradias degradadas, habitação com maus acessos, habitação sem condições de habitabilidade.

Nas intervenções destacam-se o acompanhamento de diversas obras de beneficiação referente aos bairros sociais camarários.

 

Até outubro de 2015, o n.º total de vistorias de pequena intervenção é de 119 incluindo 13 moradias no Bairro de Santa Maria.

 

Em relação ao número de obras executadas entre os anos de 2013 e agosto de 2016, este perfaz o total de 545 obras nas categorias de ajuste direto e concursos.

 

Apresentamos na galeria de fotos alguns exemplos de obras de beneficiação no Conjunto Habitacional do Palheiro Ferreiro, Romeiras, Galeão, Bairro da Quinta das Freiras, fração habitacional no Pico dos Barcelos e Conjunto Habitacional Viveiros II.