Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram

Prémio Maria Aurora 2018 vale prémio de 3 mil euros

A Câmara Municipal do Funchal abriu, em abril, as inscrições de trabalhos para a 4ª edição do Prémio Municipal Maria Aurora (PMMA). Até ao dia 31 de maio, todos os funchalenses com mais de 16 anos poderão entregar trabalhos variados sobre a temática da Igualdade de Género, habilitando-se a vencer um prémio no valor de 3 mil euros.

O Prémio Municipal Maria Aurora foi criado em 2014 pela CMF, no sentido de promover e desenvolver trabalhos em prol da igualdade, perpetuando, deste modo, o nome da jornalista e escritora, reconhecida por todos como uma grande defensora dos direitos das mulheres. Madalena Nunes, a Vereadora com o pelouro da Igualdade de Género, considera que "esta é sempre uma oportunidade especial para recordarmos uma personalidade tão marcante como a Maria Aurora perante este tipo de questões, dando eco a problemáticas que continuam a ser absolutamente atuais e obrigatórias na nossa sociedade.”

Madalena Nunes enaltece que o Prémio “não é uma mera iniciativa isolada, enquadrando-se, sim, numa estratégia transversal do Município, porque a Igualdade de Género tem sido assumidamente uma das nossas prioridades". A Vereadora aludiu, de resto, ao trabalho feito nos últimos anos, nomeadamente com a publicação de um Plano Municipal plurianual para a Igualdade, a adesão a vários protocolos nacionais, a criação do Conselho Municipal, de um Dia próprio e a indicação de uma Conselheira Municipal, cargo desempenhado atualmente por Guida Vieira, medidas "que nunca são demais, porque ainda temos um caminho a fazer até atingirmos patamares dignos de uma sociedade evoluída neste capítulo."

O PMMA visa distinguir o melhor trabalho apresentado pelos candidatos, seja em forma de projeto, estudo, investigação, reportagem, brochura ou livro, que promova um melhor conhecimento sobre o tema da Igualdade de Género e que contribua para o seu aprofundamento e implementação no Município, sendo de destacar “a sua valência de estimular o envolvimento da sociedade civil na discussão, reflexão e produção a respeito destes temas”, defende a Vereadora, confiante de que esta 4ª edição “continue a crescer no número dos trabalhos a concurso.”

Todos os candidatos ao PMMA devem apresentar uma ficha de inscrição disponível no site da Autarquia (O Cidadão > Desenvolvimento Social > Plano Municipal para a Igualdade > Prémio Municipal Maria Aurora), em simultâneo com a entrega do projeto, que tem obrigatoriamente de ser entregue sob pseudónimo, num sobrescrito opaco fechado. Estes devem ser entregues nos Paços do Concelho, mais especificamente, na Divisão de Desenvolvimento Social, ou remetidos via postal.

 

Na 4ª edição, os vencedores do Prémio Municipal Maria Aurora foram:

  • Carla Lopes, com “Em nome da mulher: a escrita de Maria Aurora Carvalho Homem, como propulsora da Igualdade de Género”
  • Elizabeth Kristine com “Carreira – ponto carreira ponto"

foto 4edicao