Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram      Município do Funchal

Serviços OnlineBalcão do Investidoricon consulta pub cmfPDM UrbanismoRecursos HumanosEditaisReabilitação Urbana

Dados Estatísticos

Linha do Ambiente

O serviço de atendimento da Linha do Ambiente do Departamento registou 11.968 atendimentos em 2019, de acordo com a tipologia apresentada no gráfico 1.

Grafico1.1

Neste serviço foram vendidos 1797 contentores, dos quais 485 para a deposição de resíduos indiferenciados, 414 vidrões, 482 embalões, 416 papelões e sacos azuis.

Pragas urbanas 

 Mosquito Aedes Aegypti

No âmbito do Plano Municipal de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, vetor da doença Dengue, foram reportados em 2019 à Linha do Ambiente 28 casos de indícios da presença deste inseto. Estes casos foram identificados e realizados todos os procedimentos habituais.

 

Rato doméstico (Mus musculus) e rato de esgoto (Rattus norvegicus)

No que concerne ao combate à praga urbana – rato doméstico e rato de esgoto foram efetuadas 50 ações de desratização em locais públicos, numa área de 1,06 Km2.  Relativamente à campanha de distribuição de raticida aos munícipes, em 2019 foram realizadas 663 entregas, total de 580 kg e 214 armadilhas, numa área total estimada de 1,07 Km2.

Sensibilizações

Em 2019 o Serviço de Estudos e Planeamento (SEP) realizou no total cerca de 5.972  sensibilizações no terreno, de pedidos da Linha do Ambiente, Funchal Alerta e Novos Consumidores.

Campanhas

“Campanha Municipal gratuita de Vacinação Antirrábica destinada a cães” – Campanhas  Realizadas em parceria com as Juntas de Freguesia do concelho do Funchal, a título gratuito, engloba a vacinação, colocação de Chip e registo dos animais.  Em 2019 foram realizadas duas campanhas e ao todo foram vacinados 1145 cães dos quais  607 foram identificados eletronicamente.

“O Funchal Não é um Pombal” – Campanha que visa reduzir o número efetivo de pombos através da alimentação dos mesmos com grãos de milho impregnados com um contracetivo oral do tipo Avisteril.

“Seja diferente, diga NÃO ao abandono” – Campanha que englobaram diversas ações com vista a sensibilizar a população para a mudança de comportamentos relativamente ao abandono de animais.  Neste âmbito realizaram-se várias atividades, nomeadamente: Vídeo Sensibilização RTP-Madeira (de 29 de julho a 4 de agosto); Cãominhada (30 de julho); Sensibilização a munícipes – via pública (30 de julho a 1 de agosto); Feira de animais para adoção AMAIS (30 de julho a 1 de agosto); Distribuição de Flyers na conta da água; Banner com cartaz; E-mail de sensibilização aos funcionários (29 de julho) e Mupis (31 de julho a 6 de agosto).

“Clean Up The World” – No âmbito da campanha mundial “Clean Up The World”, inserida no programa de Ambiente das Nações Unidas, a Câmara Municipal do Funchal associou-se a esta iniciativa com uma Limpeza do Mar à Serra em todo o concelho no dia 27 de Setembro. Nesta campanha participaram cerca de 1376 voluntários e foram recolhidas 6 toneladas de resíduos.

Limpeza Urbana

O Serviço de Limpeza Urbana é muito abrangente e tem tarefas muito diversificadas desde a varredura manual e mecânica, a limpeza de sargetas, a limpeza de ribeiros, a limpeza de terrenos camarários, a monda mecânica e manual, a recolha de resíduos das papeleiras, a lavagem de arruamentos e mobiliário urbano, desinfeções diversas, a lavagem de túneis, a limpeza de eventos festivos e de grande aglomerado populacional, etc.

Para além destas tarefas diárias, durante o ano de 2019 foram também realizadas 15 campanhas de limpezas em 12 bairros sociais, nomeadamente no Bairro da Nazaré, no Bairro da Ribeira Grande, no Bairro da Quinta Josefina, no Bairro do Hospital, no Bairro da Quinta Falcão, no Bairro dos Viveiros, no Bairro das Romeiras, no Bairro de Santo Amaro, no Bairro do Canto do Muro, no Bairro da Ajuda, no Bairro do Galeão e no Bairro do Pico dos Barcelos. Estas campanhas visam a realização de trabalhos de limpeza mais exaustivos que os habituais e em simultâneo, deste modo houve recolha de resíduos depositados nos contentores ou compactadores, lavagem e desinfeção de contentores, recolha de monstros (resíduos de grandes dimensões), desratização, varredura e monda dos arruamentos públicos e deste modo foram recolhidos um total de 18.000 kg de resíduos.

Todos os túneis municipais foram lavados uma vez por mês (lavagem do pavimento e das paredes), nomeadamente os seguintes túneis:

- Estrada Eng. Jaime Ornelas Camacho (Rotunda Eng.º Jaime Ornelas Camacho - Av. Calouste Gulbenkian);

- Campo da Barca (Rua Alferes Veiga Pestana - Rua Dr. Pestana Júnior);

- Campo da Barca (Rua Alferes Veiga Pestana - Rua da Ribeira de João Gomes);

- Rua das Hortas / Rua Elias Garcia (Rua Alferes Veiga Pestana - Via 25 de Abril);

- Avenida do Colégio Militar – Nazaré;

- Cruz Vermelha (Largo Severiano Ferraz - São João);

- Av. Calouste Gulbenkian (Rotunda Sá Carneiro - Av. Calouste Gulbenkian).

Após os grandes eventos da Cidade houve operações de limpeza que fizeram com que passadas poucas horas os espaços públicos e os arruamentos já estivessem completamente limpos. Estas operações de grande envergadura ocorreram na Carnaval, na Festa da Flor, na Festa do Vinho e no Natal e contaram com vários trabalhadores equipados com máquinas e outros equipamentos de limpeza e com várias viaturas de limpeza como as auto-varredouras e os auto-tanques.

Os Serviços Técnicos Especiais procederam à manutenção e limpeza dos contentores públicos, incluindo os de deposição seletiva e indiferenciada e removeram os resíduos depositados em papeleiras. Os serviços de limpeza da cidade recolheram cerca de 2.476 toneladas de resíduos em 2019.

Grafico 2

 

Campanha de sensibilização “Lixo no chão, NÃO!”

O serviço de Limpeza Urbana dinamizou a campanha de sensibilização “Lixo no chão, NÃO!”, esta campanha teve como objetivo alertar a população em geral, para não deitar o lixo no chão mas sim dentro das papeleiras. Estes pequenos contentores que estão instalados em mais de 2.000 pontos de espaços públicos, servem para depositarmos os resíduos de pequenas dimensões.

A 2ª edição desta campanha  contou com várias iniciativas, entre elas um vídeo de sensibilização, instalação de duas lonas gigantes (no Edifício dos Viveiros e no túnel da Rua das Hortas/Rua Elias Garcia) e colocação de telas magnéticas nas viaturas camarárias do departamento. Por fim e em pleno coração da Cidade do Funchal, na Avenida Arriaga, foram concentrados todos os sacos com resíduos resultantes da limpeza de apenas um único dia da zona Centro do Funchal. Com esta demonstração/concentração de resíduos quisemos uma vez mais alertar para a importância da adoção de comportamentos ambientalmente responsáveis e continuar a passar a nossa mensagem:

Manter a Cidade limpa é um dever de todos! Lixo no chão, NÃO!

Remoção de Resíduos Sólidos

O serviço de remoção de resíduos sólidos procedeu à recolha de 49.905 toneladas de resíduos urbanos no concelho do Funchal. Foram recolhidas 40.345 toneladas de resíduos indiferenciados que se encontravam depositados em contentores públicos e privados. No que concerne à recolha seletiva, removeu-se os seguintes resíduos: papel/cartão, vidro, embalagens de plástico e metal, madeiras, ramagens, REEE (resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos), metais e orgânicos num valor total de 8.822 toneladas. Relativamente à recolha seletiva porta a porta, foram removidas 691 toneladas de vidro de embalagem, 620 toneladas de embalagens de plástico e metal e 641 toneladas de embalagens de papel e cartão. As recolhas de resíduos a pedido resultaram numa faturação de 18.124,23 €. A taxa de gestão de resíduos sólidos faturada foi estimada em 5.041.127,36 euros.

A Câmara Municipal do Funchal dinamizou, em parceria com algumas Juntas de Freguesia do Concelho, Campanhas de Recolha Gratuita de Monstros que tiveram como principal objetivo promover as boas práticas de cidadania e o respeito pelos equipamentos e espaços públicos. Foram recolhidos um total de 3.470 Kg de resíduos volumosos nas cinco campanhas de recolha.

Em outubro foi implementado em nove escolas do Município, o projeto piloto ECO CARTÃO ESCOLA que tem como propósito recompensar o esforço das comunidades escolares na correta separação dos resíduos sólidos e consequentemente aumentar a quantidade de resíduos enviados para reciclagem e reduzir os resíduos valorizados energeticamente. Por cada Kg de resíduos recicláveis – papel e resíduos de embalagem recolhido pela  CMF é atribuído um ponto à escola. Quando for atingido um determinado número de pontos a escola poderá trocar esses pontos por um voucher para adquirir: material escolar, informático, desportivo, lúdico/didático, jardinagem e bricolage  em determinados estabelecimentos comerciais. Até ao final do ano recolheu-se 8.315 Kg de resíduos, tendo-se atingido o valor máximo per capita de 1,69 Kg/aluno.

 

Estação de Transferência e Triagem de Resíduos Sólidos do Funchal

Durante o ano de 2019 a Estação de Transferência e Triagem de Resíduos Sólidos do Funchal recebeu cerca de 64.512 toneladas de resíduos sólidos, provenientes dos concelhos do Funchal, do serviço de Limpeza Urbana de Câmara de Lobos e de duas empresas privadas que efetuam a recolha nos grandes produtores. Esta instalação procedeu ao armazenamento, à triagem, ao tratamento mecânico, ao acondicionamento e ao encaminhamento para o destino final mais adequado dos vários resíduos rececionados. O encaminhamento dos resíduos recicláveis processados nesta instalação, mais precisamente papel e embalagens de cartão, plástico, metal e vidro, metal,  REEE, sucata e baterias resultou numa receita estimada de 1.140.000 €.

Os resíduos sólidos recolhidos/recebidos seletivamente pelos serviços camarários representam 29,2% do total enquanto que os recicláveis apresentam-se com um valor de 22,0%. As 62.584 toneladas de resíduos sólidos recolhidos/recebidas pelo Município do Funchal tiveram os vários destinos finais, representados no gráfico seguinte:

grafico 3

 

Produção de Resíduos Sólidos no Concelho do Funchal em 2019

No que concerne à temática dos resíduos sólidos, em 2019 atingimos o valor de 62.584 toneladas, valor muito idêntico ao verificado no ano transato. No que diz respeito aos resíduos indiferenciados foram recolhidas 41.389 toneladas, menos 0,08% do que no ano anterior. Os resíduos recolhidos seletivamente aumentaram cerca de 10,7%, passando de 16.507 toneladas em 2018 para 18.265 em 2019. Os resíduos recicláveis recolhidos aumentaram 31,5% passando de 10.475  toneladas em 2018 para 13.778 toneladas em 2019.  

grafico 4