Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram

quinta, 16 maio 2019 15:36

Funchal e Secretaria de Estado vão assinar acordo de financiamento para nova Habitação

A Vereadora Madalena Nunes, que tem o pelouro da Habitação na Câmara Municipal do Funchal, anunciou hoje, à margem da Reunião de Câmara semanal, que a Autarquia vai assinar, nos próximos meses, um acordo de financiamento para nova Habitação com a respetiva Secretaria de Estado.

Os termos do acordo foram acertados no mês passado, numa reunião com a Secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho, e com a Presidente do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), Isabel Dias, que teve como mote a entrega formal da Estratégia Local de Habitação do concelho do Funchal às duas entidades. O acordo vai assegurar a construção de dezenas de fogos de raiz a partir do próximo ano e vários milhões de euros de investimento.

Madalena Nunes adiantou que este “é o resultado do trabalho altamente meritório e competente do Município ao elaborar a sua Estratégia Local de Habitação para a próxima década. A estratégia foi desenvolvida de maneira a enquadrar-se naquela que é a linha de financiamento do Governo da República para resolver o problema de habitação social em todo o país, e é isso que pretendemos também no Funchal, que nos próximos cinco anos se deem passos fundamentais no sentido de resolver as carências habitacionais da cidade.”

“Este é um objetivo estrutural inteiramente alinhado com o trabalho que temos vindo a desenvolver desde que estamos em funções, definindo a Habitação como um dos pilares da nossa estratégia para o desenvolvimento do Funchal. É por isso que, desde que o atual Executivo se encontra em funções, a CMF foi a entidade que mais construiu habitação social na Madeira”, concluiu a Vereadora, que também anunciou um reforço do investimento para a construção de 30 novos fogos, que está neste momento a decorrer na Quinta Falcão, em Santo António.

Madalena Nunes referiu, por fim, que “o atual Executivo dará continuidade à sua política de investimento nas acessibilidades das zonas altas do concelho, e à melhoria das condições de vida destas populações”, com a aprovação da expropriação por utilidade pública das parcelas de terreno necessárias à execução da nova acessibilidade à Vereda da Cova, em São João de Latrão, na freguesia de São Gonçalo, e da nova acessibilidade e pavimentação do Caminho do Trapiche (troço a sul da Casa de Saúde), na freguesia de Santo António.