Facebook Youtube Twitter Google + Vimeo Instagram

sexta, 13 abril 2018 12:12

Novo PDM em exposição no Teatro Municipal Baltazar Dias

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal (CMF), Paulo Cafôfo, inaugurou ontem, no Teatro Municipal Baltazar Dias, a exposição “Plano Diretor Municipal”, patente até dia 27 de abril. A vereação marcou igualmente presença na ocasião, sendo esta uma iniciativa que pretende fundamentar todo o processo de revisão do novo Plano Diretor Municipal, aprovado o mês passado em reunião de Assembleia Municipal. 

Paulo Cafôfo adiantou que esta é uma ocasião que vem “colmatar um processo longo, iniciado já no anterior Executivo. As cidades são complexas na sua gestão, mas mais complexas serão se não existir planeamento. A nossa preocupação é de, no presente, preparar o futuro da cidade do Funchal, planeando”.

“Hoje em dia quem gere uma cidade, ou território, tem de promover a coesão territorial, combater as desigualdades e, ao fim ao cabo, dar qualidade de vida, e isto requer planeamento. O PDM aqui assume uma importância maior, estamos a falar de um plano que vem substituir, após 21 anos, o plano anterior. Os tempos são outros e as preocupações que, hoje, são aqui vertidas eram absolutamente necessárias para atingirmos um desenvolvimento equilibrado.” 

O Autarca esclareceu ainda que “este é um PDM que é de todos, elaborado por este Executivo, mas que teve a participação de associações, das Ordens, dos munícipes e dos cidadãos que quiseram intervir. Foram promovidos 5 debates temáticos e 3 sessões de esclarecimento antes de podermos chegar ao ponto final de conclusão deste PDM, e que foi necessária alguma coragem política para o fazer”.

É ainda de salientar que o novo PDM tem como objetivos fulcrais a expansão sustentável da cidade, com um destaque acrescido para a prevenção de riscos de aluviões, movimentação de terras e incêndios, tendo em vista a reabilitação do património urbanístico, em prol de uma cidade “do futuro”.

A revisão do PDM pode ser consultada online através do link htt://revisãopdm.cm-funchal.pt, sendo que a exposição, neste momento patente no Teatro Municipal Baltazar Dias, é de entrada gratuita.