20 Outubro 2017
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial
Silene latifolia subsp. latifolia Versão para impressão Enviar por E-mail

 

1

 

 Pela primeira vez é assinalada a ocorrência de Silene latifolia Poir. subsp. latifolia na ilha da Madeira.

 

 2


Mundialmente, o género Silene está representado por cerca de 700 espécies com uma distribuição essencialmente no Hemisfério Norte. Em território português, estão assinaladas quarenta e seis taxa do género Silene L. (Caryophyllaceae) incluindo a espécie Silene latifolia que está presente em Portugal Continental, com o estatuto de nativa e no arquipélago dos Açores (ilha de Santa Maria), com o estatuto de casual. Até ao presente, esta espécie não havia sido assinalada no arquipélago da Madeira nem nos outros arquipélagos macaronésicos.

 

Identificação

3 4

                                                                      

Planta dióica, perene, geralmente multicaule, geralmente um tanto piloso e mais ou menos glandular distalmente; folhas ovadas a ovado-lanceoladas, as caulinares sésseis; inflorescência, um dicásio, laxo, composto por flores grandes, levemente cheirosas, que abrem à noite; cálice das flores masculinas 15-22 mm, 10-nérveo, o das femininas com 20-30 mm, 20-nérveo, +/- intumescido e acrescente no fruto; dentes do cálice longos e acuminados. Pétalas brancas. Estiletes 5. Cápsula 10-25 mm, +/- ovoide, deiscente por 10 dentes. Sementes com faces côncavas e tubérculos obtusos.

 

Distribuição

 

 5

 

Quase toda a Europa, incluindo Portugal Continental, Região Mediterrânica, sudoeste asiático e América do norte. Na Macaronésia, para além deste novo assinalamento na ilha da Madeira, esta subespécie ocorre, casualmente, na ilha de Santa Maria nos Açores.

 


 

Curiosidades

 

6

 
Esta espécie distingue-se das outras espécies deste género devido a ser uma espécie dioica, com flores unissexuais, com carpóforo pouco desenvolvido e ser uma espécie perene, raramente bianual. As outras espécies possuem flores hermafroditas, com carpóforo geralmente bem desenvolvido, podendo ser anuais ou perenes. A presença de S. latifolia na ilha da Madeira pode constituir uma nova ameaça para a flora e vegetação endémicas, tal como tem acontecido com a introdução de outras plantas exóticas ao longo dos últimos anos.

 

Referências bibliográficas

  • Acebes Ginovés, J. R., M. C. León Arencibia, M. L. Rodríguez Navarro, M. del Arco Aguilar, A. García Gallo, P. L. Pérez de Paz, O. Rodríguez Delgado, V. E. Martín Osorio & W. Wildpret de la Torre. 2004. Spermatophyta. In: Lista de especies silvestres de Canarias. Hongos, plantas y animales terrestres. 2009. Arechavaleta, M., S. Rodríguez, N. Zurita, & A. García (coord.). Gobierno de Canarias. pp. 122-172.
  • Franco, J. A.. 1984. Nova Flora de Portugal (Continente e Açores). Vol. I (Lycopodiaceae – Umbelliferae). Lisboa. 648 pp + 2 mapas.
  • J. J. Gonçalves Silva & Rúben F. Paz. 2016. First record of the white campion Silene latifolia Poir. subsp. latifolia (Caryophyllaceae) in the island of Madeira (Portugal). Boletim do Museu de História Natural do Funchal. 66 (343): 13-17.
  • Jardim, R. & Sequeira, M. M. (2008). As plantas vasculares (Pteridophyta e Spermatophyta) dos arquipélagos da Madeira e das Selvagens. In: Borges, P. A. V., Abreu, C., Aguiar, A. M. F., Carvalho, P., Jardim, R., Melo, I., Oliveira, P., Sérgio, C., Serrano, A. R. M. & Vieira, P. (eds.). Listagem dos fungos flora e fauna terrestre dos arquipélagos da Madeira e Selvagens. pp. 157-208, Direcção Regional do Ambiente da Madeira e Universidade dos Açores, Funchal e Angra do Heroísmo.
  • Press, J. R. & M. J. Short. 1994. Flora of Madeira. London. The Natural History Museum. 574 pp.
  • Sánchez-Pinto, L., M. L. Rodríguez, S. Rodríguez, K. Martín, A. Cabrera & M. C. Marrero. 2005. Spermatophyta. In: Arechavaleta M., N. Zurita, M. C. Marrero & J. L. Martín (eds.). Lista preliminar de especies silvestresde Cabo Verde (hongos, plantas y animales terrestres). 2005. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, pp: 40-57.

 

 

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2017, Municipio do Funchal Facebook | RSS